“Tomar o poder por dentro”

Nós acreditamos que podemos mudar o sistema de poder por dentro, como se fossemos algum tipo de vírus. Mas olhemos quem conseguiu fazer isto. Olhemos o samba, a capoeira, os sistemas tradicionais de base afrikana. Vejamos quem agiu como vírus e quase tomou o corpo (os nossos, junto com a mente, mas acabou por lhe modificar as formas e muito do conteúdo). Faz ruir por dentro, retirando de nossos sistemas vitalidade, força e fundamento.

Para ação do vírus, é preciso vulnerabilidade do corpo, anti-corpos enfraquecidos. Com relação a nós, quando os toubobs estão desguarnecidos? Com guarda baixa? Eles agem como vírus, mas para nós agirmos dessa maneira em seus corpos (pensando as estruturas de poder construídas e gerenciadas por eles), temos de pressupor determinadas fraquezas que, por nossa condição, ainda não conseguimos aproveitar.

Antes de pensar em “tomar o sistema por dentro”, é preciso recuperar nossos corpos ainda infectados, fortalecê-los e expulsar o vírus. O corpo tem seus próprios sistemas de defesa. É preciso acioná-lo. É preciso ingestão de medicinas nossas. É preciso o estado febril, do combate interno.

Ele anseia por isto. Para quem sabe, se ter a condição necessária e vital para fazer o embate corpo a corpo.

Por Tago E. Dahoma (Thiago Soares), publicado dia 04 de dezembro.

Anúncios

Publicado por

papiroindomito

"Uma espada que ao mesmo tempo tem o gume cortante e se enferruja". O dizer de si sempre é o rescaldo das nossas impressões nas outras pessoas. Ora tranquilo, ora gélido, ora paisagem nas suas diversas estações do ano..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s