A musicalidade preta e a sua representação audiovisual

Ver um gênero puramente preto ser tomado pela indústria é ver a transformação em direção ao embranquecimento em diversas etapas: a primeira é a mais fácil, pois se transforma os ídolos/musas. Como boa parte das expressões são feitas por homens, as mulheres símbolo do afeto carinhoso tornam-se brancas, fortalecendo a mulher branca como o ideal de feminilidade, a parceira ideal.. É simplesmente a continuação de um racismo secular (no caso brasileiro), agora nas novas mídias.

segundo passo é tornarem brancos os emissores do gênero: basta vermos como no final dos anos 1990, houve tentativas com o pagode paulista, com o pagodão baiano e mais atualmente, com o cenário do rap e do funk. No caso dos dois últimos, os expoentes – ou pelo menos os que lucram mais – não são pretos.

A música passa por várias transformações, as quando vamos ao visual, à “encarnação” dos sentimentos, dos desejos e vontades, há uma capa branca, um invólucro, sobre um conteúdo fundamentalmente preto.

Como o som tem origem, mas não tem rosto, a possibilidade de moldar as nossas percepções em direção ao padrão brancóide é uma máxima na sociedade brasileira.

A musicalidade e letras como manifestações de nosso desejo e sonhos foi e continua sendo capturado, rumo ao áureo e o cândido.

Ainda os figurantes de si mesmos, mesmo que superficialmente protagonistas nas telas e clipes.

Anúncios

Publicado por

papiroindomito

"Uma espada que ao mesmo tempo tem o gume cortante e se enferruja". O dizer de si sempre é o rescaldo das nossas impressões nas outras pessoas. Ora tranquilo, ora gélido, ora paisagem nas suas diversas estações do ano..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s